, ,

TRANSTORNOS NA INFÂNCIA

Transtornos na InfanciaOs Transtornos na Infância prejudicam vários âmbitos da criança e comprometem a vida familiar. É comum os pais procurarem atendimento psicológico para seu filho,  em busca da melhora das relações interpessoais. Há casos que são dificultosos encontrar os motivos, pelos quais, uma criança apresenta comportamentos-problema. Acredita-se que o indivíduo é o motivo de procura da terapia, ou seja, o sintoma apresentado é elaborado pela criança com motivos que partem apenas da criança.

A linguagem e a comunicação são seguimentos essenciais para o desenvolvimento humano. As disfunções são variadas e podem afetar diversas competências, citarei alguns comprometimentos:

  1. Transtornos de Aprendizagem: relacionados á leitura, ortografia, interpretação e outras capacidades praticadas em maior parte no ensino fundamental;
  2. Transtornos de Comunicação: causa falhas em vínculos afetivos, impede a pessoa de socializar, entender e determinar sistemas simbólicos;
  3. Transtorno de Ansiedade Generalizada: causa medo excessivo na criança frente á a algumas situações cotidianas. Preocupam-se com o julgamento de outras pessoas com relação ao funcionamento de determinadas atividades;
  4. Transtorno depressivo: acarretam em baixo desempenho escolar, dificuldades de socialização, insônia, mudança de hábitos alimentares, choro, hiperatividade.

As causas dos Transtornos na Infância

As causas surgem das relações que a criança tem com o seu meio, seja escolar, social ou até mesmo familiar. Os problemas do casal refletem em sua família, podendo repercutir como Transtornos na Infância e também na vivência dos cônjuges. Ou até mesmo no método de ensinamento para os filhos, os pais acabam sendo coercitivos, protetivos, punitivos privando de lazer com o intuito de ensinar a criança. Porém, acabam impondo uma mudança de comportamento na criança e a constrangendo.

É de vasta importância a realização da Terapia Infantil nestes casos, mesmo que, os pais reconheçam seus problemas e procurem realizar atendimentos psicológicos. É significativo que o terapeuta pontue que o filho deve estar fora dos impasses da vida conjugal para reconquistar uma vida familiar saudável.

 

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *