Avaliação Psicológica Infantil

Avaliação Psicologica Infantil

A Avaliação Psicológica Infantil é uma técnica exclusiva do uso do psicólogo, que tem como objetivo assinalar disfunções de cognição infantil, comportamentais e emocionais. Para cada fase da infância, deve ser estudado qual é a melhor classe de atividades. O ambiente deve ser agradável para que a criança sinta-se confortável e possa confiar no psicólogo e para que não prejudique a avaliação em outros aspectos.

Técnicas de Avaliação Psicológica Infantil

Existem várias técnicas que podem ser utilizadas para avaliação:

  1. Questionários;
  2. Relatos;
  3. Entrevistas com a criança;
  4. Entrevista com os pais;
  5. Entrevista com a escola;
  6. Maneiras lúdicas;
  7. Testes psicométricos e projetivos, entre outros.

Tais técnicas devem ser fidedignas, válidas e reconhecidas pelo Conselho Federal de Psicologia Brasileiro, para uso no Brasil.

Requisitos para Avaliação Psicológica Infantil

Na Avaliação Psicológica Infantil ou em outros atendimentos clínicos, estas não podem ser responsáveis por elas mesmas. Logo, o contrato deve ser realizado diretamente com os pais ou responsáveis da criança. Como já citado, deve ser atentado a qual fase de desenvolvimento ela se encontra:

  1. Cognitivo;
  2. Emocional;
  3. Motor.

A comunicação pode ser diferenciada para cada etapa do desenvolvimento.

A família no processo de Avaliação Psicológica Infantil

Avaliação Psicologica Infantil

É importante que aja comunicação entre os pais e o psicólogo para ajudar no processo com a disponibilidade. Seja para levar a criança até o local de atendimento, participar do processo, fornecer informações. A importância da participação dos pais vai além, pois, a criança sente-se mais confortável sendo apoiada pelo seus genitores. Esse vínculo com seus responsáveis é estabelecido desde bebês e perdura ao longo da infância e da vida.

 

Em quais casos a Avaliação Psicológica Infantil se encaixa?

A Avaliação Psicológica Infantil pode ser utilizada quando há desconfiança de uma disfunção em aspectos específicos, ou por prevenção de transtornos cognitivos, comportamentais e emocionais. Até mesmo durante o processo psicoterápico a avaliação pode auxiliar em algumas questões.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *